Seguidores

domingo, 31 de julho de 2011

O Vício do açucar.


Qual é o vício mais comum em nossa sociedade hoje? Fumo, álcool, drogas... Você pode se surpreender ao saber que o açúcar também é um vício. Não só o açúcar vicia, mas é responsável por muitos problemas de saúde que encontramos em nossa sociedade. Embora muitas pessoas não consideram o vício ao açúcar a ser tão grave como um cigarro ou um vício do álcool, vários estudos estão mostrando que o vício pode ser tão forte como uma droga ou dependência de álcool.

O vício pelo açúcar é uma situação em que as pessoas têm compulsão por alimentos doces e acham que é impossível ficar sem açúcar por muito tempo. Milhões e milhões de pessoas são viciadas em açúcar e, a pior parte é que elas nem sequer estão conscientes sobre isso.

Depois de comer um doce, seu cérebro libera substâncias químicas naturais. Estas substâncias químicas dão ao seu corpo um sentimento de prazer intenso, que o cérebro reconhece e começa a desejar mais do mesmo. Os investigadores têm agora a evidência que mostra que as áreas do cérebro que são ativadas quando você implora para o açúcar são as mesmas áreas do cérebro que são ativadas quando os viciados em drogas anseiam por drogas.

Porque é prejudicial?
Dependência de açúcar pode reduzir o tempo de 11-20 anos. É um fato, há uma série de doenças que podem ser causadas ​​pelo consumo excessivo de açúcar. Incluem:
• Diabetes;
• Doenças cardíacas;
• Obesidade;
• Debilidade do sistema imunológico;
• Alterações nos níveis de açúcar no sangue;
• Cárie dentária;
• Desnutrição;
• Períodos de depressão...

O açúcar refinado é obtido por processo que extrai da cana ou beterraba, a sacarose, assim com a adição de aditivos químicos, retirando sais minerais, vitaminas, fibras, impurezas, transforma-se em um produto concentrado em sacarose, sem nutrientes, altamente calórico, que agrada muitos paladares, entretanto o consumo sem controle está sendo responsável pelo aumento da obesidade e de um maior consumo calórico no mundo.
Mas, o que há de errado em consumir o açúcar refinado? Embora, a vitalidade nos pede para abolir o açúcar da dieta, o consumo quando exagerado que apenas confere sabor doce aos alimentos, aumenta a inflamação no organismo, estando relacionado ao envelhecimento precoce e risco de desenvolvimento de diversos tipos de câncer.

Grande parte das calorias consumidas hoje, provêm dos açúcares, seja nas sobremesas, balas, doces, biscoitos, produtos de padaria ou mesmo para adoçar os cafezinhos durante o dia.

Existem algumas maneiras saudáveis para reduzir o açúcar. Um apoio é o exercício físico. O exercício diário pode elevar os níveis de dopamina, aumentar o seu humor e reduzir a ansiedade pelo açúcar. Ficar bem hidratado é uma outra maneira de proteger o cérebro dos desequilíbrios. Ao comer, uma boa opção é comer alimentos naturalmente doces, como frutas in natura, frutas secas, verduras e grãos integrais. Opte por alimentos ricos em proteína magra, como iogurtes, clara de ovos, peixes, tofu, oleaginosas. Comer regularmente ao longo do dia (3 refeições e um lanche) também vai reduzir os desejos pelos doces.

Ainda, durma o suficiente. Estudos têm mostrado que pessoas que dormem menos de seis horas por noite são mais propensas a ansiedade pelo açúcar. Obtendo o suficiente de sono irá tornar menos provável de 'atacar' uma barra de chocolate da próxima vez que você está se sentindo cansado.

No blog Sacarose, compulsão?, parte do texto traduzido em life mojo.
Por Greice Caroline Baggio.




Um comentário:

Artes da Velha disse...

Olá,

Parabéns pelo tema do blogue, é um assunto muito sério e espero que continue sempre feliz, quer seja gorda ou magra.

bjinhos, e já sou seguidora
Teresa